EU GOSTARIA DE OUVIR

Mostra de Música Contemporânea
Identidade Visual, Material gráfico e Website - 2009/10

A identidade da Mostra de Música Contemporânea EU GOSTARIA DE OUVIR, evento concebido na cidade de Belo Horizonte, foi baseada na habilidade humana do ouvido absoluto. A imagem figurativa de uma orelha, construída em partes, como um mosaico de pequeninas formas irregulares e ruidosas, tem ao seu redor uma tipografia limpa e sinuosa que se volta para dentro do ouvido, rementendo, em contra-ponto aos ruídos que formam a imagem da orelha, à uma audição limpa e pontual, absoluta

Levada pela sugestão do nome "Eu Gostaria de Ouvir", foi criada uma identidade que pudesse compartilhar um gosto intimista para uma esfera coletiva, já que a iconografia da orelha tem uma significação objetiva do ato da escuta, e sua forma é incrivelmente familiar a todos nós, torna-se quase impossível não associar tal imagem ao seu próprio aparelho auditivo e, por consequencia, ao repertório sonoro que cada um gosta de ouvir. O objetivo foi amplificar o sentido de uma escuta individualizada para o contexto da audição coletiva, relativizando a questão do gosto.

› Logomarca
› Cartaz
› Panfletos
› Website